Av. Maciel, 460 - Centro - Igarapava - SP - (16) 3172-1709 / 3172-2525 - atendimento@acigarapava.com.br

Página Inicial  Fale Conosco  Webmail
Consulta SCPC CONSULTAS SCPC ONLINE (Acesso restrito): CÓDIGO SENHA
Em qual mês do ano de 2018 você gostaria que a 3ª Edição do Festival Gastronômico fosse realizada?
Julho
Setembro
Dezembro
Não sei opinar
REDES SOCIAIS


PARCEIROS

CAMPANHAS

Assine e receba gratuitamente nossa Newsletter




Empresário deve ficar alerta com “golpe do boleto”

Empreendedores que acabam de formalizar o seu negócio estão sendo vítimas do chamado “golpe do boleto”. Após abrir a empresa junto aos órgãos oficiais, entidades fantasmas aproveitam a inexperiência dos novos empresários para enviar indevidamente faturas dos mais diversos valores como se fossem tributos obrigatórios.

A prática não é tão nova, mas na medida em que o empreendedorismo aparece em alta como um dos principais atores da economia no país, as reclamações junto ao Sebrae-SP crescem bastante. Em média, o serviço de 0800 tem atendido mil ligações por mês para esclarecimento desse tipo de cobrança.

“A recomendação é simples: não pagar jamais”, explica o diretor-superintendente do Sebrae-SP Bruno Caetano. “Essas entidades fantasmas ganham dinheiro na desinformação dos empreendedores. Após cair no golpe e realizar o pagamento, dificilmente o empresário terá o seu dinheiro de volta. Está com dúvidas sobre qualquer cobrança, procure o Sebrae-SP. O serviço é gratuito e ainda protege o empresário desse tipo de fraude”..

Levando em consideração que os empresários recém-formalizados são as vítimas preferidas dos estelionatários, os números dão uma dimensão do potencial da fraude. De acordo com a Junta Comercial de SP, em 2012, foram abertas 464 mil empresas (incluindo os Micro Empreendedores Individuais - MEIs), no Estado de São Paulo.

Para quem está com dúvidas sobre cobrança, a Associação Comercial e Empresarial de Igarapava está à disposição para maiores esclarecimentos pelo telefone (16) 3172-1709


Como identificar um boleto falso
Para ludibriar os empresários e dar ainda mais realidade ao golpe, as entidades fantasmas utilizam um boleto muito similar ao enviado por bancos para pagamento de títulos e tributos. Em muitos casos, chegam a usar a marca do banco no documento. Alguns falsos boletos apresentam artigos da Constituição Federal que citam prováveis punições caso o valor cobrado não seja quitado.

Outra característica é a data para vencimento. Os boletos são enviados sempre próximos da cobrança. Na pressa, ou com medo de multas, os empresários acabam pagando antes de se informar. “Não há qualquer punição. Ao identificar esse tipo de cobrança, desconsidere. Jogue no lixo”, continua Bruno Caetano.

Alerta de Associações Comerciais fantástmas

A Associação Comercial e Empresarial de Igarapava alerta aos empresários de Igarapava e região para que entre em contato conosco para maiores esclarecimentos caso recebam algum boleto suspeito como o da Associação Comercial do Brasil e da Associação Comercial do Estado de São Paulo. Essas entidades não existem, se enquadrando no esquema de fraude.

Confira reportagem exibida no Jornal Nacional: BC cria regras para boletos de cobrança enviados sem solicitação

Get Adobe Flash player

Associação Comercial e Empresarial de Igarapava
Associação Comercial e Empresarial de Igarapava
Av. Maciel, 460 - Centro - Igarapava - SP
(16) 3172-1709 / 3172-2525 - atendimento@acigarapava.com.br
Desenvolvido por Sophus Tecnologia